Cabo frio, Turismo

“Turismo deve ser pensado de forma orquestrada”, afirma Maurício Werner (Riotur) no primeiro Encontro com Cabo Frio

O trade turístico, juntamente com os gestores municipais e entidades ligadas ao setor, estiveram reunidos nesta terça-feira (30) no primeiro “Encontro com Cabo Frio”. O evento, realizado pela Secretaria de Turismo, explanou a importância do planejamento e da união de todas as áreas que integram o segmento, que hoje, é uma das principais fontes econômicas do município. O encontro foi comandado pelo diretor de Planejamento e Marketing da Riotur, Maurício Werner, que apresentou novos desafios e oportunidades do setor, afirmando que o turismo deve ser pensado de forma orquestrada.

No encontro foi ressaltada a necessidade da retroalimentação do turismo, que deve investir na maior permanência dos visitantes na cidade e no retorno desse turista em outras ocasiões. Para isso, é preciso que haja integração entre todo o trade para trabalhar os potenciais turísticos e as ações positivas do município, além da divulgação eficaz do destino. O bate-papo também mostrou os resultados positivos do Carnaval da cidade do Rio de Janeiro deste ano, que foi realizado através de parcerias público-privadas e movimentou cerca de R$ 3,7 bilhões.

“Reunir o trade e as entidades de classe é essencial para traçar um plano comum. Eu tenho certeza que esse primeiro encontro com Cabo Frio trará uma inteligência mercadológica para a cidade. Chegamos num momento de cada vez mais compartilhamento de informações, onde as pessoas estão percebendo que juntas valem muito mais do que a força individual. Esse intercâmbio entre a Prefeitura de Cabo Frio e a Riotur fortalece o Estado do Rio de Janeiro, pois o turismo gera emprego, renda, além de melhorar a autoestima da população”, afirmou Maurício Werner.

Para a presidente do Convention & Visitors Bureau, Maria Inês de Oliveros, o encontro foi uma ótima oportunidade de conversação entre o setor. “É sempre bom receber dicas e avaliar como nós do setor podemos melhorar. É muito importante que Cabo Frio trabalhe o seu potencial histórico e cultural e venda aos turistas demais atrações que vão além das praias”, disse.

Já a presidente da Associação Comercial, Industrial e Turística de Cabo Frio (Acia), Patrícia Cardinot, comentou da necessidade do turismo para a economia. “Esse foi um passo muito importante para a cidade, pois os empresários de Cabo Frio clamam pelo turismo economicamente sustentável, que crie ainda mais movimentação, renda e postos de trabalho”, afirmou.

O secretário de Turismo, Radamés Muniz, ressaltou que construção de uma cidade melhor precisa do pensamento colaborativo. “Nós enxergamos e queremos Cabo Frio como um destino turístico melhor. Para isso, temos que planejar e agir, unindo o governo, a iniciativa privada, o morador e o turista para a construção de uma cidade com melhor infraestrutura e receptividade”, concluiu.turismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s