Cabo frio, saúde

Campanha de Vacinação contra Influenza começa nesta quarta-feira (10)

Começa nesta quarta-feira (10), a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza que se estenderá até 31 de maio. O Dia D de mobilização em todo o país está marcado para 4 de maio. Em Cabo Frio, o público-alvo a ser vacinado é de 56.828 pessoas, entre crianças de seis meses e menores de seis anos (14.796); trabalhadores de saúde (4.534); gestantes (2.008); puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo) (330), idosos (21.080); pessoas com comorbidades (10.650); professores (3.416) e indivíduos privados de liberdade sob medida socioeducativa (14).

A meta da Superintendência de Saúde Coletiva da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos prioritários. No município, 215 profissionais de saúde serão mobilizados para a campanha em 23 postos de vacinação, no primeiro e no segundo distritos.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar a complicações graves e à morte, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção. Sendo assim, a vacinação contra influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações.

A superintendente de Saúde Coletiva da Secretaria de Saúde, Lucy Pires, informa que vacina utilizada é segura, feita com vírus mortos o que impede que ela provoque casos de gripe, como erroneamente é falado. Para os pais, a orientação é que as crianças que tomarem a vacina pela primeira vez  precisam de duas doses para ficarem imunes à doença. Além disso, é preciso seguir a orientação anotada no Cartão de Vacinação ou Caderneta da Criança, documentos que precisam ser levados à Unidade no dia da vacinação.

“A importância da vacinação reside no fato de que a infecção humana pelos vírus Influenza evoluem com frequentes casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave que, não raro, evoluem para óbito. Neste ano, o Ministério da Saúde começará a Campanha priorizando as Crianças (de seis meses a abaixo de seis anos), gestantes e puérperas, grupos que apresentaram as mais baixas coberturas vacinais nos anos anteriores”, explica Lucy Pires.

No intuito de traçar estratégias para garantir o alcance da meta nos grupos prioritários, a Secretaria de Saúde busca desenvolver um trabalho conjunto entre o Programa de Imunização, Atenção Básica, Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente, Saúde do Idoso, Saúde do Trabalhador, Privados de Liberdade e Programa de Doenças Crônicas Não Transmissíveis.
Confira a seguir os locais em que serão aplicadas as vacinas:
– ESF São Jacinto
– ESF Maria Joaquina
– ESF Florestinha
– P.S. de Unamar
– PAM de Santo Antonio
– ESF Nova Califórnia
– ESF Angelim
– ESF Parque Burle
– UBS Praia do Siqueira
– ESF Praia do Siqueira
– ESF Guarani
– ESF Jardim Caiçara
-P.S. Itajurú
– ESF Gamboa
– ESF Jacaré
– ESF Monte Alegre
-ESF Boca do Mato
-ESF Tangará
– Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança)
– ESF Cajueiro
– ESF Jardim Nautilus;
– Centro de Saúde Oswaldo Cruz (Braga)
– ESF Vila Novacampanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s