esporte, São Pedro da Aldeia

ALUNOS DO PROJETO DEFESINHA CONHECEM MUSEU OCEANOGRÁFICO DO IEAPM

As crianças e adolescentes do Projeto Defesinha, promovido pela Defesa Civil de São Pedro da Aldeia, participaram de uma visita ao Museu Oceanográfico do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), localizado no município de Arraial do Cabo. A programação desta quinta-feira (17) encerrou a segunda semana de atividades do projeto educacional aldeense, que retorna na próxima segunda-feira (21), a partir das 7h30.

De acordo com o diretor da Defesa Civil, Marcus Dothavio, essa é a primeira vez que os participantes do Projeto Defesinha visitam o Museu Oceanográfico. “Essa é uma atividade que o Defesinha nunca fez, mas que tem tudo a ver com o nosso cronograma de atividades culturais. Nós procuramos sempre alternar a programação para não ser só praia, temos essa preocupação com a saúde das crianças. Fechamos, com chave de ouro, uma semana muito boa”, afirmou.

Divididos em grupos de 30 alunos, os pelotões fizeram um tour guiado, onde puderam conhecer um pouco mais sobre a história do Museu Oceanográfico e aprender sobre as ossadas expostas no local, como o esqueleto da baleia que encalhou na Praia da Ilha do Farol, em 1981, e deu início ao Museu. Com o auxílio de um microscópio, as crianças e adolescentes visualizaram amostras de zooplâncton.

Na oportunidade, os alunos também visitaram os aquários do local e viram de perto diversas espécies de peixes, como o cocoroca, peroá e marimba. “De todas as atividades, essa foi a que eu mais gostei, aprendi que não pode jogar lixo no mar, porque mata os peixes”, comentou a participante do pelotão “Defensores”, Thalyta Travassos, de 8 anos.

Destaque em toda a região, o projeto educacional da Prefeitura de São Pedro da Aldeia atende crianças e adolescentes com idade entre 04 e 14 anos, incluindo alguns alunos com necessidades especiais e o núcleo de Iguaba Grande. Entre os principais objetivos do Defesinha estão proporcionar aos participantes atividades de cidadania e promover cultura, integração e inclusão social.

A encarregada do Museu Oceanográfica, Primeiro-Tenente Luana Martins, falou sobre a visita. “A participação do Projeto Defesinha é ótima, o Museu está aqui para prestar esse serviço à sociedade, ele é um instrumento de educação não formal, onde as crianças podem aprender coisas novas de uma forma lúdica e divertida”, disse.

As ações do Projeto Defesinha acontecem de segunda a quinta-feira, das 7h30 às 12h, e contam com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e de monitores voluntários. O encerramento, com formatura, está previsto para acontecer em 30 de janeiro. museu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s