Armação dos Búzios, Politica

CREAS Búzios atende moradores de rua e em situação grave de violação de direitos

Um Centro que representa segurança para as famílias e pessoas em situação grave de violação de direitos. Desta forma simples podemos definir a grandeza do trabalho do Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Búzios, o CREAS, parte importante da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda.

 

 

Preparado para atender crianças, adolescentes, idosos, homens e mulheres que necessitem de apoio para sair de situações graves de risco já instalado, como casos de violência doméstica, maus tratos, negligência, abandono, discriminação social, entre outros problemas que afetam diretamente a segurança física e moral do indivíduo, o CREAS não espera ser acionado, vai em busca de quem precisa de seus serviços.

 

 

Três vezes por semana, das 17h às 22h, e aos sábados à noite, um assistente social percorre a cidade identificando moradores de rua, pessoas que romperam o vínculo familiar. O objetivo é tentar reintegrar estas pessoas à família e à sociedade. Um trabalho que requer muito respeito e carinho com o indivíduo que está em situação de rua. Um trabalho que só acontece mediante a plena aceitação do tratamento.

 

– A pessoa não pode ser forçada a nada, tem que querer, entender a necessidade de receber o nosso apoio, para que consiga se tratar e se reintegrar. Os que aceitam tratamento e são usuários de substâncias psicoativas, são encaminhados para o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) ou para o CRER VIP – explica Soraya Freire dos Santos, coordenadora do CREAS.

 

Soraia também ressalta que o fato de Búzios ser um local turístico muito famoso e extremamente procurado, a cidade atrai pessoas em busca de trabalho. Pessoas que nem sempre conseguem uma colocação no mercado de trabalho e acabam em situação de rua. O CREAS identifica aqueles queapresentam condições de empregabilidade e confecciona currículos, para em seguida encaminhar para parceiros informais.

 

 – Aqui também recebemos andarilhos, pessoas que percorrem o Brasil pedindo carona, caminhando, realizando atividade laborativa (malabares, artesanatos etc). Eles costumam passar um pequeno período e logo em seguida solicitam passagem para outro destino – completa.

 

As abordagens geralmente são feitas no Centro de Búzios, nas imediações da Praça Santos Dumont, Orla Bardot, Lagoa da Ferradura e nos locais residenciais, quando solicitado.

 

O CREAS fica na Travessa dos Pescadores n° 111, Centro de Búzios.

 cras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s