Cabo frio, Cultura

Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb abre agenda para o foyer

O Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb, está com agenda aberta para pequenos eventos que possam ser realizados no foyer do local (área de entrada do teatro). A intenção é manter o espaço vivo durante a alta temporada e levar ao Teatro Municipal um público que não está acostumado a frequentar o espaço.

As informações vêm diretamente do Corpo Gestor da casa, composto por Wilson Miranda, Bruno Peixoto e Matheus Lima. Segundo eles, o Teatro Municipal é a principal casa do artista em Cabo Frio e, mantê-la fechada até o término da obra, atrasa quem precisa usar o espaço para trabalhar seus eventos.

“O Teatro Municipal já tem 21 anos e uma linda história para contar. Não podemos deixar de abrir nossas portas porque temos uma parte dele aguardando reforma. Observamos que o evento que aconteceu no início de novembro deu certo no foyer e então resolvemos abrir a agenda para quem se interessar em expor ou apresentar seu trabalho”, explicou Bruno Peixoto.

O Teatro está com seus demais espaços fechados para reforma, que aguarda aprovação do projeto de reforma pelo Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro para que a licitação seja aprovada. Segundo Wilson Miranda, as melhorias que serão feitas no espaço são exigências do próprio Corpo de Bombeiros de Cabo Frio (18º GBM), com o objetivo de garantir a segurança dos trabalhadores da casa, dos colaboradores e do público.

” A vistoria aconteceu há três meses. Desde então nós montamos o projeto de reforma que prevê duas novas portas de saída de emergência, mudança do piso da plateia por outro que não seja inflamável, sinalização luminosa nas escadas para o público, aumento nas outras portas de emergência que já existem e troca dos extintores. Agora é aguardar a licitação sair e acreditamos que em dois meses essas reformas terminam para que possam reabrir o Teatro Municipal em grande estilo”, revelou Wilson Miranda.

Além dessas reformas, os dois camarins do teatro já foram reformados, o cabeamento elétrico foi vistoriado e a estrutura do palco foi reforçada também. A sala dos fundos do palco, a Ângelo Samerson, que estava destinada as aulas de circo, violão e teatro também está fechada, mas possui um projeto para, quando reaberta, funcionar como um pequeno teatro de estúdio.

“A ideia seria usar a sala Ângelo Samerson para pequenas apresentações. Temos espaço para luzes e plateia. Em breve abriremos essa pauta mas, por enquanto, estamos ainda estudando as possibilidades positivas e negativas”, comentou Matheus Lima.

O Corpo Gestor do Teatro Municipal de Cabo Frio se coloca à disposição para detalhar para os artistas e para a população possíveis dúvidas sobre os assuntos em pauta além da agenda do foyer, solicitando apenas que para isto seja agendada uma reunião com a equipe. Para agendamento, basta enviar e-mail para: teatromunicipalcf@gmail.comteatro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s