Cultura, São Pedro da Aldeia

I ENCONTRO DE ESCRITORES MOVIMENTA CASA DA CULTURA EM SÃO PEDRO DA ALDEIA

Ficcionistas, historiadores, jornalistas e artistas das letras de todas as tendências e de diversas cidades reuniram-se na quinta-feira (08) na Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos, em São Pedro da Aldeia, para participarem do I Encontro de Escritores da Região dos Lagos. O evento foi uma realização da Prefeitura da cidade, por meio da Secretaria Adjunta de Cultura.

A secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, saudou os participantes e comentou sobre a importância deste primeiro encontro entre profissionais das letras no município.

“Hoje a cultura da leitura se encontra diluída, com celulares e internet, e precisamos incentivar as novas gerações ao hábito da boa leitura. Não por coincidência, no dia em que está sendo realizada a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, trouxemos dois jovens escritores, os irmãos Gabriel e Pedro Moreira Campos, para verem de perto esse encontro”, afirmou.

O evento foi aberto com uma divertida dinâmica de grupo e contação de histórias, com o conto “A tecelã dos sonhos”, de Marina Colassanti, Na sequência, a Casa da Cultura homenageou Cordelino Teixeira Paulo, poeta e autor do hino oficial do município, e Victorino Carriço, também poeta e autor do hino da cidade, com a presença de Elizete Nunes, sobrinha de Cordelino, e de Junior Carriço, neto de Victorino, que entoou a música ao violão. O hino oficial foi mostrado através de um clipe.

Após um rápido intervalo, os microfones foram abertos para que os autores pudessem expressar sua arte seja através de leitura, comentários e outras formas que foram escolhidas por cada um deles. Ao final, alunos da Escola de Arte apresentaram um número de dança.

Autor de “O livro dos sonhos”, cuja continuação da trilogia está em fase de produção, o jornalista e fotógrafo Renato Fulgoni comentou sobre a importância de participar deste primeiro encontro.

“Esse encontro mostra a força da literatura da nossa região e é uma excelente oportunidade para estreitarmos contatos com nossos colegas de outros municípios, trocarmos ideias e experiências”, disse.

Autor do livro “São Pedro da Aldeia, 400 anos”, o historiador Geraldo Ferreira afirmou ser esse encontro um momento ímpar para a literatura da região.

“Este é o primeiro encontro e aqui é uma casa de cultura, que normalmente se abre para exposições de pinturas e artes plásticas em geral. Hoje está aberta para a literatura e esse é um momento muito especial que merece ser prestigiado por todos nós”, comentou.escritores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s