Sem categoria

Central de Regulação de Cabo Frio será ampliada e galpão do Braga será fechado

Esta semana, a equipe da Secretaria de Saúde que está implantando a informatização na marcação de consultas em Cabo Frio avalia a ampliação do espaço onde funciona a Central de Regulação de Exames, na sede da pasta. O setor fará também a validação das marcações de consultas, que passarão a ser agendadas pelas unidades de saúde e não mais pela Central do Braga. Com a informatização dos postos, o galpão será fechado.

“O sistema vai melhorar a oferta das vagas da rede municipal e a Central de Regulação terá papel fundamental no sentido de acompanhar se as marcações de consultas para os especialistas acontecem de maneira otimizada”, explicou o secretário de Saúde de Cabo Frio, Márcio Mureb.

A nova ferramenta será implantada nas Estratégias em Saúde da Família (Esf’s) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e após o período de transição, o galpão do Braga encerrará as atividades. O objetivo da informatização é facilitar o acesso da população e oferecer mais comodidade, além de fazer com que as ofertas de vagas da rede municipal de saúde estejam visíveis para todas as unidades.

Cada unidade poderá fazer a marcação de consulta de acordo com as vagas disponíveis na rede municipal. A proposta é que uma unidade “enxergue” a outra e possa redirecionar o paciente conforme a disponibilidade de vagas e a concordância do morador.

Como vai funcionar – Informatização da Marcação de Consulta

Após a implantação da ferramenta nas unidades será preciso que o morador seja cadastrado no novo sistema municipal de regulação. Para isso será necessário apresentar os mesmos documentos utilizados atualmente para a emissão do Cartão Unificado, que são: identidade, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência sendo LUZ, ÁGUA, IPTU ou telefone fixo dos dois últimos meses em nome da pessoa.

Se for idoso e more com os filhos, levar documentos pessoais, cartão do SUS e comprovante de residência (LUZ, ÁGUA, IPTU ou telefone fixo dos dois últimos meses) em nome dos filhos.

Se for casado/a levar documentos pessoais, comprovante de residência (LUZ, ÁGUA, IPTU ou telefone fixo dos dois últimos meses) em nome do cônjuge, certidão de casamento e cartão do SUS.

Se companheiro ou companheira com filho em comum levar documentos pessoais de ambos, cartão do SUS de ambos, comprovante de residência (LUZ, ÁGUA, IPTU ou telefone fixo dos últimos dois meses) em nome de um ou de outro e os documentos da criança: certidão de nascimento, cartão do SUS e CPF.

Caso um morador não tenha em seu nome um dos comprovantes de residência citados acima (LUZ, ÁGUA, IPTU ou telefone fixo dos dois últimos meses) nem se enquadre em nenhuma das situações descritas anteriormente (idoso que more com filhos, casado/a ou companheiro/a com filho em comum) será necessário se dirigir a Ouvidoria da Secretaria de Saúde, que fica localizada no PAM de São Cristóvão; ou na Ouvidoria da Central de Marcação do Jardim Esperança ou no Centro Administrativo da Prefeitura no Shopping UnaPark, em Tamoios.

A implantação do software é realizada pela Eco Sistemas, do Rio de Janeiro, em conjunto com o área de Projetos do Departamento de Controle, Avaliação e Auditoria da Secretaria de Saúde de Cabo Frio. A ferramenta é o Sistema Estadual de Regulação (SER), o mesmo utilizado pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES/RJ).IMG-marcação20181025-WA0021

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s